Diferenças entre Cirurgia e Bioplastia

A cirurgia plástica e a bioplastia são procedimentos médicos que realizam modificações corporais para o bem-estar dos pacientes, sem a intenção de promover melhoras na saúde. No entanto, a cirurgia plástica requer uma delicada preparação e um considerável tempo de recuperação que pode atrapalhar ou até interromper a rotina. Por sua vez, a bioplastia consegue produzir quase todas as modificações realizadas pela cirurgia plástica com um mínimo de inconvenientes.

O preenchimento profundo, como também é denominada a técnica de bioplastia, foi desenvolvido pelo cirurgião plástico Almir Moojen Nacul, através de uma fusão entre os princípios básicos da cirurgia plástica e do preenchimento superficial, realizado com ácido hialurônico. A ideia principal da bioplastia é a aplicação de implantes biologicamente compatíveis que são injetados com agulha sem ponta em planos profundos (músculo, tecido subcutâneo e osso).

A substância preenchedora mais utilizada na bioplastia é o polimetilmetacrilato. Também conhecido pela sigla PMMA, este composto foi criado em 1902 pelo químico alemão Otto Rohn e utilizado pela primeira vez na área da saúde como prótese dentária em 1936. Esferas sólidas de PMMA suspensas em um gel de carboxi-metilcelulose podem ser injetadas no tecido subcutâneo através de agulhas sem ponta chamadas de microcânulas. Assim como qualquer outra injeção, a técnica não deixa cicatriz.

O método cirúrgico de modificação corporal possui registros que datam de quatro mil anos a.C. A plástica é uma especialidade médica que realiza intervenções invasivas no corpo do paciente e por isso exige uma preparação e especialmente um período de recuperação cuidadoso, em função de cicatriz, hematoma, edema, vermelhidão, inchaço e dor. Cirurgia plástica também acarreta em custos hospitalares e de anestesista, além dos honorários do cirurgião.

bioplastia é uma técnica desenvolvida para realizar procedimentos estéticos e reparadores sem a necessidade de intervenção cirúrgica. Ela oferece possibilidades semelhantes às da plástica na definição do contorno facial e corporal incluindo regiões como nariz, maçãs do rosto, mandíbula, queixo, ombros, mãos, glúteos e peitoral masculino – a bioplastia nos seios não é indicada por dificultar o exame de toque. O procedimento é realizado no consultório com anestesia local e em torno de uma hora o paciente pode retornar a sua rotina com poucas restrições.

Diferentes marcas produzem produtos diferentes. A Clínica de Bioplastia em Porto Alegre trabalha somente com marcas que possuem seus produtos liberados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária e realiza todos os procedimentos estéticos e minimamente invasivos segundo as normas ISO 9001:2008. A bioplastia é um procedimento médico e não pode ser realizada por outros profissionais. É extremamente importante tirar todas as suas dúvidas na consulta presencial antes do procedimento. Caso a bioplastia seja indicada, o tratamento pode ser realizada no mesmo dia no próprio consultório. O procedimento não pode ser realizado em ambiente sem alvará da vigilância sanitária.