Microcânulas

Microcânula é uma agulha sem ponta, longa, fina e flexível utilizada para aplicação de implantes líquidos em preenchimento e bioplastia para reposição e criação de volume facial e corporal. Seu design favorece a realização de procedimentos estéticos e reparadores com possibilidades semelhantes à cirurgia plástica, dispensando a necessidade de corte ou cicatriz, internação e longo tempo de recuperação.

A tecnologia francesa da microcânula permite uma distribuição uniforme da substância preenchedora e protege vasos e nervos reduzindo o número de hematomas. A microcânula evita ainda a aplicação de produto dentro da corrente sanguínea, pois desliza entre as estruturas do corpo com menos chances de produzir danos devido à ausência de ponta. Este movimento recebe o nome de técnica de escultura da pele (Skin Sculpting Technique – SST) e é responsável por uma estimulação mecânica que favorece a produção de colágeno.

O preenchimento é realizado com anestesia local seguido da abertura de um pequeno furo com uma agulha normal para que a microcânula possa depositar o implante. A extensão da agulha sem ponta reduz consideravelmente os pontos de entrada necessários para o procedimento. O formato da microcânula permite ainda sua utilização tanto para preenchimentos superficiais para tratamento de rugas, como profundos para aumento de glúteos.

Ao contrário da cirurgia plástica os procedimentos de bioplastia e preenchimento não necessitam de corte, internação ou longo tempo de recuperação. Os implantes utilizados nessas técnicas são líquidos, o que permite o seu implante através de agulhas com menos de um milímetro de diâmetro. Chamados de minimamente invasivos, os procedimentos provocam um sangramento desprezível, e assim como na maioria das injeções não há formação de cicatrizes.

O comprimento, espessura, flexibilidade e a ausência de ponta reduzem as conhecidas marcas da cirurgia plástica, o que torna possível o retorno às atividades diárias com o mínimo de limitações. As microcânulas são produtos liberados pela Anvisa e sua utilização na Clínica Leger segue as normas de segurança ISO 9001:2008.